1 2 3 4 5 6
1

1 ano 1 mês e 22 dias


4

Super susto


Na noite passada, dormia tranquilamente,quando Alice acordou às 3 da manhã chorando,quando ela não toma mamadeira antes de dormir, é normal que ela acorde no meio da noite. Então como sempre, preparei a mamadeira,ela tomou,mas continuou resmungando,ficava 5 minutos calada e resmungava,acho que ela cochilava,não sei bem pq estava ate tonta de sono,e depois de resmungar umas três vezes ela vomitou minha cama todaa,levantei supeer correndo,e peguei ela de costas para mim,e ela continuava vomitando,foi terrível quando senti o cheiro...eca,deu vontade de vomitar tbm,então corri com ela pro banheiro,deixei água morninha caindo nela,e ela vomitou mais um pouco.Por pouco não vomitei,tenho PAVOOOOR de vomitar,e do cheiro ..arggg q nojoo,não gosto nem de lembrar.Alice tremia,assim que ela parou de vomitar,coloquei água na banheira,dei um banho e escovei os dentinhos dela,enquanto isso ela tremia,deu muita dó...
Assim que a tirei do banho, arrumei o cabelinho dela, coloquei fralda e roupa, ela disparou a correr pela casa, a aterrorizar os passarinhos, batendo na gaiola... Parecia que tinha tomado energético  Foi bom ela ter tido esse gás todo,pois tranquilizei,fiz um chá de folha de mamão, e dei a ela, a força, mas dei,tem um gosto bem ruim, mas é ótimo para o estomago.Foi um baita susto...



1

11 meses e 26 dias



2

11 meses e 12 dias

Primeiros passinhos
0

10 meses e 28 dias

Alice adora conversar no telefone
1

9 meses e 14 dias

Alice antes só arrastava, só com 9 meses que começou a engatinhar
37

Sorteio da loja Era uma vez e Diário de uma Princesa


Informações sobre o produto a ser sorteado:

Canguru até 12 kg Era Uma Vez

O Canguru Era Uma Vez foi desenvolvido especialmente para proporcionar conforto e praticidade aos pais que querem estar sempre perto de quem amam,o Canguru é
indicado para crianças de 3,5 kg á 12 kg (aproximadamente de 3 á 18 meses),fácil de usar e lavar,possui ajuste de tamanho para o bebê e para o condutor,corpo
e alças acolchoadas para um passeio confortável e seguro.

A Loja Era um vez,com parceria com o Diário de uma Princesa,esta sorteando um lindo canguru da marca Era uma vez,e para participar basta:
Regras obrigatórias para participar do sorteio:
Ser seguidor aqui do blog,clicando em participar deste site na barra lateral.
compartilhar o banner no face e chamar 3 amigos (as) AQUI
Curti a pagina do blog no face aqui→
Curtir a pagina da loja era uma vez aqui→
comentar essa postagem com a frase :Eu quero ganhar
Preencher o formulário AQUI.
Chances extras
A cada chance extra,preencher novamente o formulário
1º-Me seguir no twitter
aqui→
2º-clicar no botão g+
3º-colocar o banner na lateral do blog
4º-Seguir o blog Mãe para sempre
5º-curtir a pagina do blog mãe para sempre aqui→

6º- Fazer uma postagem no seu blog divulgando o sorteiro.Boa Sorte!
(o sorteio sera realizado pelo site http://sorteador.com.br/ , a entrega do premio é de responsabilidade da loja era uma vez)
0

8 meses e 18 dias

Alice dançando rs
1

Video.Alice com 8 meses e 3 dias


6

Vaidade infantil,até quando é normal?

Hoje venho falar sobre um assunto bastante polemico que é a vaidade infantil. Eu não acho nem um pouco bonito ver crianças de um ano com as unhas pintadas, ou maquiadas, pra mim criança tem que ser CRIANÇA, já que no futuro elas vão se cansar se ser adultos e se lamentar por não poder voltar no tempo.Muitas das vezes,os pais que acham bonitinho,e incentivam,eu sou supeer contra,e faço questão de que Alice aproveite sua infância,quero que ela saiba o quanto é bom ser criança.É obvio que é normal que a filha queira imitar a mãe e passar um batom,de vez enquanto pintar as unhas,mas isso não deve ser comum,abaixo esta mais explicado espero que gostem:

Vaidade infantil é normal, mas pais
devem ficar atentos, alerta psicóloga
Na maior parte dos casos, crianças se inspiram em adultos e celebridades.
Dermatologista alerta para o uso de tinturas com químicas e maquiagens.



Miguel exige o corte do Neymar  (Foto: Adriana Justi / G1)Miguel tem 3 anos e exige o corte do Neymar (Foto: Adriana Justi / G1)
Corte de cabelo personalizado, penteados estilizados e maquiagens especiais para crianças. A aposta das empresas em inovar em produtos e salões especializados para esse público tem contribuído para que a vaidade infantil se revele cada vez mais cedo.
É o caso do curitibano Miguel Barwinski Wegrchyn, de 3 anos, que já exige: ‘Quero que seja igual ao do Neymar’. Segundo a mãe, além de exigir sempre o mesmo corte, o garoto é vaidoso e não admite sair de casa sem usar gel no cabelo, por exemplo.
Miguel se diverte do salão craido especialmente para crianças em Curitiba  (Foto: Adriana Justi / G1)Miguel se diverte do salão craido especialmente para crianças em Curitiba (Foto: Adriana Justi / G1)
Para valorizar a importância do primeiro corte de cabelo e para incentivar esse momento tão especial para as crianças e também para os pais, um salão de Curitiba aposta em um espaço onde eles podem se divertir enquanto cortam. O salão tem espaço recreativo com videogames, escorregador, piscina de bolinhas, cama elástica, entre outros brinquedos. E após o corte, os pequenos também recebem um 'diplominha' como lembrança pela data.
"A ideia surgiu com o meu marido. Queríamos alguma coisa específica para crianças, exclusivo. Acho que o ambiente é importante para que eles se sintam a vontade. Mas eles não param, a estratégia é ter alguma coisa para distrair e as profissionais tem que ser rápidas", aponta a empresária Andrea Barwinski.
Rafaela também se considera vaidosa e sonha em ser modelo (Foto: Adriana Justi / G1)Rafaela de seis anos  também se considera vaidosa e
sonha em ser modelo (Foto: Adriana Justi / G1)
Rafaela Barwinski Schelela tem 6 anos e também se considera vaidosa. "Meu sonho é ser modelo. Gosto de me produzir e adoro fazer penteados", explica a menina, que não dispensa batom, sombras claras e blush.
"Minha mãe sempre me ajuda a arrumar o meu cabelo. Quero ser modelo porque acho todas elas bonitas", completa.
Para a psicóloga Regina Fonseca, o fato de as crianças imitarem ou se espelharem nos adultos e nas celebridades na hora de se produzir é normal, porém os pais devem ficar atentos aos exageros.
"Quando esse modismo acontece com a admiração e aprovação da sociedade, entenda-se família e amigos, a criança pode querer imitar para também fazer parte desse mundo, o que também é natural", explica.
Miguel  (Foto: Adriana Justi / G1)Miguel (Foto: Adriana Justi / G1)
Os pais devem ficar atentos à maneira com que isso acontece. "Se a identificação da criança com um modelo qualquer passa a interferir de forma negativa em seu convívio familiar ou social, é hora de parar e conversar com a criança, para investigar o que está por traz desse comportamento", argumenta a especialista.
"Criança precisa ser criança. As imitações, de um modo geral, fazem parte do processo de desenvolvimento infantil. Essa imitação transforma-se em um problema, quando a criança passa a apresentar um comportamento de vaidade que está muito além da sua idade e em detrimento de bincadeiras que antes fazia", explica.
"Por exemplo, uma menina de cinco anos querer pintar as unhas porque a mãe também pinta é normal, vez por outra, mas fazer birra porque quer comprar vários esmaltes e "tem" de pintar as unhas regularmente, começa a passar do limite", aponta Regina.
Rafaela não dispensa batom, blush e sombra  (Foto: Adriana Justi / G1)Rafaela não dispensa batom, blush e sombra (Foto: Adriana Justi / G1)
A psicóloga orienta ainda que se a criança insistir em maquiar-se antes de ir à escola ou, então, de fazer reflexos no cabelo, os pais precisam tomar providências, pois alguma coisa, certamente, estará fora de ordem".

O perigo dos produtos químicos e da maquiagem em excessoA professora de dermatologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Fabiane Mulinari Brenner explica que o ideal é evitar o uso de tinturas com químicas e maquiagens em excesso pelo menos até a idade escolar (6 e 7 anos). “Na infância existe um risco maior de desencadear alergia de contato, por isso é preferível usar produtos especialmente desenvolvidos para esta idade – as maquiagens, por exemplo, contêm menos corantes e conservantes para este grupo de pessoas”.

“As tinturas quando utilizadas em crianças e adolescentes devem ser temporárias (xampu tonalizante) ou livres de PPD ( parafenilenodiamina), um produto que é causador de dermatite de contato em couro cabeludo por alergia a aplicação da tintura. Alisantes com formol estão proibidos. Em jovens, o risco de uso é maior, pois a exposição repetitiva é que é perigosa. Prefira os com tioglicolato de amônio ou carbocisteína”, orienta a dermatologista.
Tinturas especiais próprias para crianças e que duram 24 horas  (Foto: Adriana Justi / G1)Salão infantil em Curitiba utiliza tinturas especiais para crianças e que duram 24 horas 
(Foto: Adriana Justi / G1)
FONTE
1

Procedimentos realizados nos bebes pós parto.


Por quê?Como faz?O que é isso?Mas como serve?Vivo fazendo essas perguntas, acho que vocês já perceberam que sou bem curiosa não é mesmo?Estou sempre querendo saber como funcionam as coisas, para que é isso para que é aquilo,assim aprendo muitíssimas coisas,depois que me tornei mãe então...quero descobrir tudo sobre bebes.
Quando Alice nasceu,fiquei muitissmo preocupada,por causa 'dos arranquinhos' ,e por causa deles a medica pediu que ela fosse internada LEIA AQUI SOBRE ESSE EPISODIO,mesmo sabendo que era normal,levei Alice no pediatra,e ele repetiu o que sabia,era normal,que acontecia porque o sistema nervoso dos bebes só terminam de formar com os estímulos externos e disse também que o APGAR da Alice,que era uma avaliação que os médicos fazem dos bebes,foi ÓTIMO,que não tinha motivo nenhum para preocupar,esta escrito assim Apgar 1° min:9    5°min:10.Só hoje pesquise a fundo o que é apgar.
E estava aqui pensando nos procedimentos realizados no bebe pós parto,eu não vi nada,pois não podia mover a cabeça,mas minhas mãe que me conta como foi,então resolvi pesquisar,e compartilhar com vcs minha descoberta,achei bem interessante :

Logo após o nascimento, enquanto a mamãe descansa do parto, a equipe médica se encarrega do bebê. Da cabeça aos dedinhos dos pés, os exames iniciais verificam cuidadosamente a saúde do recém-nascido

Antes de nascer o bebê está num ambiente aquecido e equilibrado. Dentro do útero a temperatura é constante e o alimento e o oxigênio chegam pelo sangue, por meio do cordão umbilical. Além disso, os pulmões estão colabados, isto é, ainda não contêm ar. “O recém-nascido precisa superar vários obstáculos nos primeiros instantes de sua vida, como aprender a respirar e manter sua temperatura. No momento em que nasce ele conhece a luz, diversos tipos de sons e sensações de tato que nunca havia sentido”, afirma Monica Vilela Carceles, pediatra e neonatologista. “A presença do pediatra neonatologista e da equipe de enfermagem na sala de parto é fundamental para auxiliar o recém-nascido nesta difícil transição.”

Bebês nascidos por parto normal ou cesariana passam por procedimentos padrão que, além de ajudar em sua chegada ao mundo, avaliam seu bemestar e vitalidade. “A primeira providência é clampear e cortar o cordão umbilical, que serviu de ligação entre o bebê e a mãe durante toda a gestação”, diz a pediatra. Uma amostra do sangue do cordão é retirada para determinar o tipo sangüíneo do bebê.

Depois disso, o bebê é envolto em um tecido esterilizado, para ser enxugado e limpo e não perder calor. “Importante enfatizar que dentro do útero o bebê está com uma temperatura igual a da mãe, em torno de 36,5º. Ao nascer depara-se com um ambiente onde a temperatura gira em torno de 25º, o que representa uma queda muito brusca”, explica dra. Monica que ainda complementa: “Para ele não ficar com frio é rapidamente colocado em um berço aquecido”.
Na seqüência, o pediatra aspira, com uma sonda fina, a boca e narinas do bebê para que ele respire melhor e faz a avaliação do índice de APGAR que gera uma nota para o RN em seu primeiro minuto de vida, baseado na observação dos movimentos, cor da pele, freqüência cardíaca, respiração e tônus (força) muscular. Este mesmo procedimento é feito após os primeiros cinco minutos de cuidados da equipe para avaliar a ADAPTAÇÃO do bebê (veja quadro).


O passo seguinte é pesar, medir, receber pulseira de identificação e segurança para, finalmente, ser mostrado para a mãe. De volta ao berço aquecido, o recém-nascido recebe uma injeção de Vitamina K, que estimula a capacidade de coagulação do sangue, e uma gota de colírio de nitrato de prata nos olhos para prevenir infecções. “Esses dois procedimentos são adotados rotineiramente na maioria das maternidades brasileiras”, diz dra. Monica.

Após estes longos primeiros momentos (20 a 25 minutos), o RN vai para o berçário onde permanece em ambiente aquecido por três a quatro horas para observação. Só depois disso é então reexaminado pelo neonatologista e liberado para mamar, ficar com os familiares e receber suas primeiras visitas.



“Quando o bebê apresenta algum problema DE ADAPTAÇÃO AO NOVO MEIO OU NOVA VIDA o pediatra DECIDE POR ALGUMA MEDIDA QUE COLABORE com o estado do recém-nascido”, esclarece a médica. “Os pais são informados dos procedimentos logo depois que o pediatra termina de cuidar de seu filho. Se necessário, a criança é encaminhada ao berçário especial e permanecerá em incubadora até sua melhora”, completa.

O Teste do Pezinho, que complementa detalhadamente os exames iniciais, é feito apenas após 48 horas de vida com uma gota de sangue coletada do calcanhar do bebê.
TESTE DE APGAR

O primeiro teste ao qual os bebês se submetem é o de Apgar, criado pela anestesiologista Virgínia Apgar. As notas, registradas um minuto após o nascimento e, novamente, cinco minutos depois, refletem o estado geral do recém-nascido e se baseiam em observações feitas em cinco categorias de avaliação:

Freqüência cardíaca
Respiração
Tônus muscular
Reflexo
Cor
Espero que tenham gostados. Bjs!


fonte: 
3

Rocambole de carne moída ,fiz e recomendo

Já faz um tempo que fiz o rocambole, só que estava com preguiça de postar,rs.Vou abrir um cantinho de receitas aqui no blog,para estar sempre postando as receitas que mais gosto,e aqui esta o resultado da receita que postei aqui ,para quem não viu LEIA AQUI.Fiz e recomendo,é uma delicia,na próxima posto a lasanha feita na panela de pressão que na minha opinião é melhor do que a lasanha tradicional logo logo posto,aguardem...E uma sobremesa que acompanha muitoo bem o rocambole,que é simples e pratica é sorvete com brigadeiro e bis,supeer bom,espero que gostem. beijos.

Não achei creme de cebola para comprar, então ralei uma cebola media,e temperei com tempero de alho.

 pra quem tinha duvida de como colocar o bacon ↓
 Faltando alguns minutinhos para desligar o forno,tire o papel alumínio da parte de cima,assim da uma corada por cima↓



1

Super desconto das lojas Era uma vez

As Lojas era uma vez,oferecem descontos de 25% para as leitoras do Diário de uma princesa.As Interessadas,é só mandar um e-mail para jessica.ferreira.guedes@hotmail.com  e no assunto escrever quero desconto das loja era uma vez,ou deixar nos comentarios quero desconto da loja era uma vez.
CLICANDO NA IMAGEM ABAIXO,VOCÊ SERA REDIRECIONADA PARA O SITE DA LOJA
Vamos conhecer um pouco da história da loja:
A Companhia Baby Enxoval de bebê cresceu junto com os bebês e visando aumentar seu foco de atuação agora se chama Era Um Vez.

A Era Uma Vez é uma loja de enxoval de bebê e roupas infantis que surgiu da evolução da loja Companhia Baby, que nasceu em 2009 no coração do Bom Retiro - São Paulo com foco exclusivo para enxoval de bebê, com a missão de proporcionar aos seus clientes segurança, tranquilidade e confiança em um momento tão especial que é a espera de um bebê.

E pensando no conforto e comodidade principalmente para as gestantes, a Era Uma Vez resolveu levar a loja de enxoval de bebê para a sua casa, onde você poderá escolher os itens necessários para compor a lista de enxoval do bebe que está para chegar, podendo assim comprar cada item com o conforto do seu lar e no seu tempo, sem precisar se preocupar com o desconforto de ir até o centro da cidade para comprar produtos para o enxoval do bebê mais barato.

E por falar em preço baixo, esse é um grande diferencial da loja! A Era Uma Vez além de oferecer uma grande quantidade e variedade de artigos de enxoval de bebê, roupas infantis, decorações, acessórios infantis e puericultura também oferece aos seus clientes preços imbatíveis!

E para aquelas mamães que gostam de tocar nos itens que irão vestir o futuro bebê ou os seus filhos, a loja Era Uma Vez conta com uma equipe altamente qualificada pronta para tirar as dúvidas para atender e auxiliar as futuras mamães na compra doenxoval do bebê, as roupas infantis ou qualquer item necessário para o bebê ou para a criança.

Alias não só a mamãe, mas também os futuros papais, vovôs e vovós, madrinhas enfim poderão contar com o apoio dos nossos profissionais principalmente na compra do enxoval de bebê ou roupas infantis que é onde surgem mais dúvidas.

O atendimento personalizado, respeito ao cliente e pagamentos facilitados são alguns aspectos que a Era Uma Vez faz questão de acompanhar no crescimento de sua família.

Era Uma Vez: Sua história começa aqui!
LOJA FÍSICA DA ERA UMA VEZ:
Era Uma Vez Rua José Paulino, 381 Bom Retiro - São Paulo, SP
Fone: 11 3331-0929 | e-mail: bomretiro@lojaeraumavez.com.br


3

Lindo selo e Aniversário da minha linda amiga


Ganhamos mais um selinho da minha Linda amiga e madrinha virtual da Alice Yasmin do blog A mãe da Dri (a Dri é minha afilhadinha linda).
Muito obrigada amiga, pelo selo e pelo carinho. Precisando Já sabe que pode contar comigo sempre.
E falando em Yasmin,hoje é o aniversario dela, PARABÉNS AMIGA,muitíssimos anos de vida e saúde,muita felicidade,paz,amor,tudo de bom pra você e para sua família,que Deus te ilumine sempre,e que você continue sendo eternamente essa pessoa maravilhosa que é.Amo você minha amiga do coração.


3

Fim das temidas vacinas,e exame de rotina.

O 'fim' das agulhadas, acho que essa fase é super esperada por todas as mamães não é mesmo?!No dia quatro de janeiro, Alice completou 1 ano e 3 meses,e após o primeiro ano de vida,as consultas são trimestrais,então já era hora de leva lá ao pediatra.estava bastante reseiosa pois ouvi falar dos exames que geralmente são pedidos nessa consulta,que são de urina,fezes e sangue.como já era previsto,a médica fez os pedidos.no dia do exame acordamos cedinho e fomos,para as mamães que não passaram por isso,imaginem a tortura que é,vc deixar seu bb em jejum?Foram poucas horas, mas Alice tem o hábito de tomar mamadeira ao acordar, e nesse dia preparei e não pude dar. Como se não bastasse isso, ainda tinha a temida coleta de sangue, antes colocaram um coletor de urina, e juntaram 3 pessoas para segurar minha pequena,eram uma enfermeira segurando um dos braços sob o abdômen,e mantendo o outro esticado ,eu segurando as pernas e a outra enfermeira para tirar o sangue,Alice fez um show,nem foi pela agulhada,mas por ter sido imobilizada,assim que a soltamos ela parou de chorar,e enquanto ela fazia seu escândalo,fez xixi,então retiraram o coletor,a enfermeira me disse que algumas mães ficam horas esperando o BB fazer xixi,graças a deus não foi meu caso.O coletor usado na clinica,foi quase igual a esse,coloca o coletor, e a fralda,e espera...↓
Fui logo dar mamadeira pra ela,só que Alice queria mesmo era se fartar com o lanche oferecido pela clínica,e eu apostaria que ela não trocaria a mamadeira por nada rsrs.Falando em clinica,escolhemos a laborclinica,lá é ótimo,atendimento super rápido,as enfermeiras são ótimas,sempre tiram sangue de primeira,e lá tem uma equipe especializada para tirar sangue de crianças,isso que me tranquilizou.Indo embora resolvi dar uma olhada no cartão de vacinas e imaginem a surpresa...as vacinas estavam marcadas para aquele dia,me recusei a leva-lá,mas conversando com o Fabiano, me convenci de que era melhor acabar com isso logo e graças a Deus vacinas agora são só com quatro aninhos.Fui com o coração doendo,chega lá a enfermeira diz:são duas na coxa e uma de gotinha,era uma mulher bem ignorante,deu vontade de ir embora,mas não resolveria o problema,então aplicaram as vacinas,dessa vez minha princesa chorou tanto pela dor,quanto por estar imobilizada. Parei pra pensar na educação que é quando levei Alice pra tomar vacina contra catapora em uma clinica de vacinas particulares, me explicaram tudinho nos mínimos detalhes, falou sobre as possíveis reações e blah blah blah ,já no SUS,mal falam qual vacina vão aplicar,sem contar na falta de educação da enfermeira. Chegando em casa,fui logo dar um banho bem gostoso na Alice ,não deu reação,mas onde foram aplicadas as vacinas ,ficou roxo e beem rígido,levou mais de um mês para sair.É obvio que não acabaram as vacinas,mas o intervelo entre uma vacina e outra é bem maior.Então é isso meninas,qualquer duvida sobre os exames ,pode adc no face,ou perguntar aqui nos comentarios.Beijos

Princesa